terça-feira, 22 de abril de 2014

Pano Casinhas

Olá!
Este  trabalho, que estamos colocando aqui é um panô com aplicação na técnica de virada da agulha e patchcolagem, parecido com este postado aqui, mas com mais complexidade.
As peças em virada da agulha são pequenas e difíceis de fazer e posicionar.
Ele foi feito pela Márcia C. O projeto foi feito com base em um trabalho realizado pela  Ana Débora, professora na Loja Rococó.
Durante a confecção ela foi descobrindo, através de pesquisa , orientação de quem já faz a bastante tempo e nos seus próprios erros, algumas maneiras de fazer que facilitaram e melhoraram a forma de executar o trabalho, bem como o resultado final. E pretendemos passar estas dicas adiante com este post.




                                  
Para iniciar o trabalho ela fez um molde em papel no tamanho real.


                                  
Para que se chegue ao resultado desejado, é importante planejar, para isso riscos e moldes em papelão, ajudam muito  na hora de cortar e montar as peças com mais precisão.









Para fazer o corpo destas casas e o telhado, o molde foi riscado no lado direito do tecido, costurando  na maquina  os telhados ao corpo da casa, respectivamente e depois uma casa a outra, e só então foi feita a aplicação no tecido de fundo, costurando no risco a mão (sempre lembrando de cortar com margem de costura) que aparece do lado direito do trabalho.


 Esta teve o corpo montado da mesma maneira que a anterior.


Aqui o detalhe das aberturas, que  foram riscadas no avesso (A),  em tecido dobrado, costurando no risco, para virar foi feito um corte atras no meio da janela.


 Depois de virada foi só aplicar.

                                   
Umas das dificuldades foi manter as peças a serem aplicadas na posição correta. Com alfinetes se corre o risco da peça deslocar ficando torta, então ela utilizou cola para tecido em pequena quantidade o que ajudou muito.


 A casa do meio foi feita toda com o tecido duplo ( riscando o molde no avesso do tecido dobrado, costurando no risco, cortando um pouquinho atras para virar). Ela não gostou muito porque ficou um pouco enrugada. Descobrimos que este método fica melhor nas peças pequenas e nas redondas, nas maiores o melhor é fazer riscando o molde do lado direito, cortar ao redor com margem de costura , vincar a dobra no risco e costurar na base.



  A árvore foi a parte mais fácil , pois foi uma das primeiras técnicas aprendidas aqui no Grupo e que já estamos bem habituadas, a patchcolagem. Feita com o ponto caseado.


Uma coisa bem legal deste trabalho é que depois da aplicação feita, todas as partes foram bordadas e os pontos utilizados foram os mais variados para dar efeito nas portas, janelas e chaminés.
A cada bordado feito o trabalho vai ficando com outra cara. Os detalhes dão vida e personalizam o trabalho.



Esta ai pessoal , esperamos que nossas dicas possam ajudar a todos os interessados.

Abraços e voltem sempre!

3 comentários:

Claudia disse...

Este panô ficou um doce. Cheio de detalhes e uma linda combinação de cores. Parabéns Marcia!!
Beijão.

Skyline Spirit disse...

pretty nice blog, following :)

Angel disse...

Lindo panô! Adorei a escolha das cores e os detalhes.
Parabéns!
Angel